Como sacar o FGTS retido da Caixa Econômica

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FGTS foi criado no ano de 1966, com intuito de proteger o trabalhador demitido sem justa causa. O FGTS é formado de contas vinculadas, abertas em nome de cada trabalhador, quando o empregador efetua o primeiro depósito.

O saldo da conta vinculada é constituído pelos depósitos mensais efetivados pelo empregador, acrescidos de atualização monetária e juros.

Se você tem duvida em relação ao seu FGTS, pode acompanhar os tópicos do artigo, pois separamos os principais tópicos para esclarecer todos os procedimentos necessários para que você fique antenado a como proceder em relação ao seu fundo de garantia. Veja Agora!

Quem tem direito ao FGTS?

Com todas essas mudanças que vem ocorrendo nos últimos anos, acabam gerando muitas dúvidas na cabeça do trabalhador sobre o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço , pois diversos trabalhadores ainda não sabem o que é ou como funciona os procedimentos e se tem direito.

Nesse tópico iremos explicar que todo o trabalhador regido pela CLT que firmar contrato de trabalho, da mesma forma têm direito ao FGTS os trabalhadores rurais, os temporários, os intermitentes, os avulsos, os safreiros e os atletas colaboradores.

caixa-fgts

A partir do ano de 2015 o recolhimento ao empregador doméstico passou a ser obrigatório, o que estabelece a sua obrigatoriedade enquanto durar o vínculo empregatício. O FGTS não é descontado do salário, é obrigação do empregador.

Da mesma forma têm direito ao FGTS:

  • Empregado doméstico;
  • Trabalhadores rurais;
  • Trabalhadores intermitentes;
  • Trabalhadores temporários;
  • Atletas profissionais;
  • Trabalhadores avulsos;
  • Safreiros.

Esses são alguns dos diversos casos que podem receber o auxilio do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, para está ciente dos demais é bom que você acesse o site da caixa para verificar as outros casos.

Na prática, funciona como um seguro no caso de demissão sem justa causa, mas também não deixa de ser uma poupança.

Como consultar o saldo do FGTS

No início de cada mês, os empregadores depositam em contas abertas na Caixa, em nome dos empregados, o valor correspondente a 8% do salário de cada funcionário.

É importante que todo trabalhador acompanhe durante os meses de trabalho se o empregador está realizando o depósito do seu valor de fgts retido caixa, pois você terá uma base de valor recebido e verá se não está sendo enganado.

A partir desse recebimento do valor do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço irá ajuda-lo futuramento por isso você deverá acompanhar e fiscalizar todo mês, a seguir você verá como realizar esse procedimento que é prático e rápido e poderá ser feito por diversas formas. Confira:

caixa-atendimento

  • Acesse www.caixa.gov.br/extrato-fgts;
  • Informe o número do seu NIS e clique em “cadastrar senha”;
  • Leia o regulamento e clique em “aceito”;
  • Preencha todos os campos com os seus dados pessoais. Aqui, você vai precisar do número do seu Titulo de Eleitor;
  • Crie uma senha com até 8 dígitos e confirme;
  • Você receberá uma notificação de cadastro realizado;
  • Para acessar, preencha os campos e aperte em OK.

Pronto. Você já pode consultar o seu extrato do FGTS.

Além da forma tradicional disponível acima, você poderá está realizando através do uso de SMS o mais prático e rápido, onde você deverá ligar para central da Caixa Econômica e fazer a solicitação da adesão de extrato pelo SMS.
Outra forma de receber o extrato do FGTS é em seu endereço residencial, a cada 2 meses. Se não estiver recebendo o extrato ou o SMS, o trabalhador deverá informar seu endereço completo ou em uma agência da Caixa ou se preferir, pelo 0800 726 01 01.

Como sacar o FGTS

Agora que você já sabe se você possui direito sobre o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, chegou a hora de ficar ciente de como realizar o saque desse valor e quais são as hipóteses que você poderá solicitar o saque do mesmo.

saque-fgts

  • Na demissão sem justa causa, feita pelo empregador;
  • No término do contrato por prazo determinado;
  • Na rescisão do contrato por culpa recíproca ou força maior;
  • Na rescisão do contrato por extinção total da empresa;
  • Na rescisão por acordo entre o trabalhador e o ex-empregador;
  • Na suspensão do Trabalho Avulso;
  • Na aposentadoria.

Se você se encontrar em alguns desses casos citados acima, você poderá calcular FGTS e realizar o saque posteriormente, onde terá que está munido com documento de identificação com foto, Carteira de Trabalho e número de inscrição no PIS/PASEP.

Os valores de saque igual ou inferior a R$ 1.500,00 pode ser feito nas unidades lotéricas, nos Correspondentes Caixa Aqui, nos postos de atendimento eletrônico e nas salas de autoatendimento para trabalhadores que possuem cartão do cidadão e senha.

Assim, o FGTS tornou-se uma das mais significantes fontes de financiamento habitacional, beneficiando o cidadão brasileiro, principalmente o de menor renda.

A a relevância dos recursos do Fundo para o desenvolvimento do Brasil ultrapassa os benefícios da moradia digna, pois financiam, também, obras de saneamento e infra-estrutura, gerando melhorias na qualidade de vida, ao oferecer água de qualidade, coleta e tratamento do esgoto sanitário.

O trabalhador pode utilizar os recursos do FGTS para a moradia nos casos de aquisição de imóvel novo ou usado, construção, liquidação ou amortização de dívida vinculada a contrato de financiamento habitacional.